Slide

Pesquisar

quarta-feira, 12 de julho de 2017

José Gomes




José Gomes dos Santos Sobrinho, O Zé Gomes
Natural de Bonito-PE, nasceu no dia 13 de abril de 1941. Iniciou sua vida profissional em Caruaru, onde aos 13 anos já trabalhava na Rádio Difusora de Caruaru. Atuou na Rádio e TV Jornal do Commércio nas funções de acordeonista, pianista e orquestrador, e ainda, na TV Universitária nas funções de pianista, produtor e apresentador. Foi Copista de Música da Orquestra Sinfônica do Recife, no período de 1964 e 1971.
Portador de um talento invejável enveredou nas noites recifenses ao lado de outros grandes nomes da música como: Expedito Baracho, Claudionor Germano, Maestros (Clóvis Pereira, Duda, Edson Rodrigues, Caruaru, Dimas Sedícias, Fernando Borges), Ely Arcoverde, Heraldo do Monte, Doris Sandra, Walter Moura, Luiza de Paula, e Francisco Barbosa. Acredito ter sido essa a sua maior escola pela vivência adquirida. Atuou no Conservatório Pernambucana de Música instituição impar no ensino musical de Pernambuco e seguiu sua carreira, também como professor.
Acompanhou renomados artistas da música nacional e internacional como Eliana Pittman, Cauby Peixoto, Geraldo Azevedo, Eduardo Conde, Raul de Souza e Phil Wilson, entre outros. Arranjador vocal e instrumental, maestro, regente e compositor, integra a Academia Pernambucana de Música ocupando a cadeira cujo Patrono é o renomado Maestro Vicente Fittipaldi, um dos fundadores da Orquestra Sinfônica do Recife. Foi regente dos corais do Conservatório, Nossa Música, Funeso, São Pedro Mártir de Olinda, Mokiti Okada da Igreja Messiânica e Madrigal Ars Cantorum.
Possui mais de uma centena de arranjos para corais e como destaque Poema da Criação, tema que encerra anualmente o encontro de corais em Belo Horizonte, sendo executado em vários estados e outros países.

Nenhum comentário:

Postar um comentário